Buscar
  • Casarão do Óculos

Novos recursos de acessibilidade - Enem 2020

O período de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 teve início nesta segunda-feira, 11 de maio, às 10 horas, e fica aberto até 22 de maio. O procedimento deve ser feito na Página do Participante, no site ou no aplicativo do Enem.


Há duas novidades em 2020: o Enem Digital, em aplicação-piloto para 101 mil inscritos, e a utilização de programas eletrônicos para facilitar a leitura de pessoas com deficiências visuais. Nesta edição, o Enem se integra ao portal de acesso único do governo federal.


A versão digital do Enem é ofertada em todos os estados e no Distrito Federal. Apenas os alunos concluintes ou que já terminaram o ensino médio e não precisam de recurso de acessibilidade poderão se inscrever. Os computadores para o exame serão disponibilizados nos locais de aplicação, e não será possível utilizar equipamento pessoal.



O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio, busca a toda edição ampliar os recursos de acessibilidade Enem.

A cada edição do Enem o Inep disponibiliza novos recursos. Em 2019, os candidatos com deficiências visuais puderam indicar na matrícula atendimento especializado para cegueira, surdocegueira, baixa visão e/ou visão monocular, mediante apresentação da documentação comprobatória. Esse puderam utilizar materiais próprios como máquina Perkins, reglete, punção, sorobã ou cubaritmo, caneta de ponta grossa, tiposcópio, assinador, óculos especiais, lupa, telelupa, luminária, tábuas de apoio e ser acompanhado por cão-guia.

Quais são os recursos acessíveis para deficientes visuais?

São disponibilizados diversos recursos acessíveis para candidatos cegos, com baixa visão, e visão monocular, confira:

• Baixa visão: tempo adicional, auxílio para leitura, auxílio para transcrição, prova ampliada ou superampliada, sala de fácil acesso;

• Cegueira: tempo adicional, prova em braile, auxílio para leitura, sala de fácil acesso;

• Surdocegueira: tempo adicional, guia-intérprete, auxílio para transcrição, sala de fácil acesso, prova em braile ou prova ampliada ou super ampliada;

• Visão monocular: tempo adicional, auxílio para leitura, auxílio para transcrição, prova em braile ou prova ampliada ou super ampliada, sala de fácil acesso.

Recursos para o Enem 2020

Alguns novos recursos de acessibilidade já estão previstos para 2020, como o leitor de tela para participantes cegos. O leitor de tela é um aplicativo que possibilita a leitura de textos que estão na tela do computador, ao converter, por meio de voz sintetizada, tudo o que aparece escrito no monitor. O software disponibilizado será o NVDA, e o sistema, o Dosvox.


Com a aplicação piloto do Enem Digital, o Inep busca melhorar suas tecnologias assistidas, principalmente para atender os candidatos que necessitam de algum tipo de atendimento específico ou especializado.


A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep garantirá atendimento especializado aos participantes que necessitarem. Por enquanto, os recursos de acessibilidade são exclusivos para a prova impressa. Para facilitar a compreensão dos participantes, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação “especializado”. As solicitações para esses atendimentos deverão ser feitas no mesmo período da inscrição, entre 11 e 22 de maio, na Página do Participante, no site ou no aplicativo do Enem.


Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos entre 25 e 29 de maio pelo mesmo sistema, com previsão de divulgação dos resultados em 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho e a disponibilização dos resultados finais, em 18 de junho.


https://enem.inep.gov.br/participante/#!/

15 visualizações0 comentário