Buscar
  • Casarão do Óculos

Degeneração Macular Relacionada á Idade (DMRI)

A Degeneração Macular Relacionada à Idade, mais conhecida pelas iniciais DMRI, é uma doença que afeta a área central da retina (mácula). Esta degeneração, como diz o nome, ocorre por conta da idade e costuma aparecer após os 60 anos.


É considerada uma das principais causas de cegueira entre as pessoas da melhor idade.

A DMRI é caracterizada pelo surgimento de uma mancha (mancha central), que ocasiona uma baixa visão nesta área e dificulta diversas atividades, como a leitura.

Existem 2 tipos de DMRI:


DMRI SECA:

É a forma mais comum. Pequenos depósitos amarelos, chamados drusas, se acumulam sobre a mácula, matando as células responsáveis pela visão central afetada com o passar dos anos. A forma seca pode ainda mudar para a úmida.

DMRI ÚMIDA:

É a condição mais severa. Se não tratada, pode comprometer a visão central em um curto espaço de tempo. Ocorre quando vasos sanguíneos anormais começam a se formar na mácula, causando damos irreversíveis.

Quais são os fatores de risco para o DMRI?

Os fatores de risco mais importantes são:

  • Idade, é o principal fator de risco

  • hereditariedade (10 – 20% dos portadores têm história familiar positiva para a doença),

  • pigmentação ocular (a DMRI acomete mais os indivíduos de pele clara e olhos azuis ou verdes),

  • tabagismo,

  • hipertensão arterial,

  • doenças cardiovasculares

  • fatores ambientais, como nutrição (dieta rica em gorduras) e a exposição excessiva ao sol

Como saber se tenho DMRI?

O oftalmologista através de exames da retina é capaz de diagnosticar a DMRI antes mesmo dos primeiros sintomas surgirem.

No mapeamento de retina podem ser notadas as drusas. As drusas são depósitos causados por deficiência no metabolismo da retina. Elas se mostram como pequenos pontos abaixo da retina e são indicativas do início da doença e podem não progredir para o acometimento da visão.

Ao identificar a presença de drusas no fundo de olho, seu oftalmologista irá solicitar exames mais específicos para diagnóstico e classificação da DMRI.

Sintomas de DMRI

Os pacientes acometidos apresentam:


Perda visual progressiva

  • Turvação e distorções visuais que envolvem predominantemente a visão central

  • Visão com linhas onduladas e distorcidas

  • Redução na intensidade ou brilho das cores

  • Dificuldade em reconhecer rostos.

Consulte um profissional especializado em retina se:


  • Você percebe mudanças na sua visão central

  • Sua capacidade de ver cores e detalhes finos torna-se prejudicada.

A doença é bilateral, ou seja, afeta ambos os olhos. No entanto, geralmente essa perda é assimétrica, com um dos olhos mais afetado que o outro. Os pacientes começam a ter dificuldades com as tarefas cotidianas, que pioram com o tempo. Aqueles que desenvolvem a forma úmida podem apresentar perdas agudas e graves de visão.


Muitas vezes as pessoas não se preocupam com os sintomas, pois acham que perder gradativamente a visão faz parte o envelhecimento, o que não é verdade. Toda a perda de visão deve ser investigada, principalmente quando se inicia ou se acentua na terceira idade.


Aqui efetuamos atendimento a pacientes com baixa visão, marque um atendimento se pretende saber mais!

#VemproCasarão

R. Monteiro de Melo, 454 - Lapa - São Paulo



44 visualizações0 comentário